quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Desconexos II


"Não há de ser nada, pois sei que a madrugada acaba, quando a lua se põe..."

Brilha onde estiver - O Teatro Mágico

Tenho reservado meu tempo a algumas pesquisas antigas, que a muito tempo estão paradas. Resolvi aproveitar o tempo pra deixar tudo em dias com elas, e até da internet eu me afastei. Até reclamações já ouvi. Mas no final, valeu a pena. Descobri que uma trilha sonora, inclusive, ajuda muito pra concentrar. Crio uma linha em cima dos acordes, os mapas mentais surgem como notas, tudo fica registrado. Aproveitei também o tempo pra amadurecer as idéias, um colega de curso me deu essa luz. Sempre me via fazendo comentários sobre coisas que só conhecia empiricamente, agora não falo quando não sei. (Tento)

"...Sabe gostar? Nós gostamos de coisas...

...quando você não quer dizer, mas a palavra já saiu, e quando você não quer olhar, mas quando dá por si já está desviando com vergonha que seja percebido, ou quando você não quer beijar e quando se dá conta o beijo já acabou...

...sim, ela queria me dizer coisas, eu sabia. Não sei o porquê do seu silêncio, se dizia tão 'sei lá', acreditava em coisas legais, daquele tipo de que nunca se repara, mas eu reparei, desde a primeira vez..."


A menina mais bonita do meu mundo - Daniel Abreu


5 comentários

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Saudades de mim, em você.


De como eu olho pra você. Como é desde a primeira vez.
De como eu toco você. Com o mesmo cuidado de sempre.

De como eu te beijo. Sempre com meio sorriso.

De como eu te quero, sempre o mesmo bem.



De como fico quando você vai.

De como eu canto, pra você ouvir.

De como eu lembro, pra te ter mais perto.

De como eu sinto, saudades de mim, em você.



Recebi uma carta. A carta que falava da sua saudade. Do beijo, do abraço, do cheiro, da minha voz, de mim. Eu poderia responder tudo em um simples “também”, pois sinto saudades das mesmas coisas. Do seu jeito, dos seus olhos que se perdem nos meus, das suas mãos abraçando meus braços, de sua cabeça no meu ombro, das nossas conversas, quer dizer, dos seus monólogos. Mas não, deixemos lado os receios, por hoje.


"...’Cause You and I both loved

what you and I spoke of

And others just read of

Others only read of the love

Oh the love that I love..."


Jason Mraz - You and I Both



5 comentários

domingo, 17 de agosto de 2008

Covardes


"O amor vive da incompletude e esse vazio justifica a poesia da entrega. Ser impossível é sua grande beleza. Claro que o amor é também feito de egoísmos, de narcisismos mas, ainda assim, ele busca uma grandeza - mesmo no crime de amor há um terrível sonho de plenitude. Amar exige coragem e hoje somos todos covardes".

- Arnaldo Jabor


Um dia eu fui corajoso.


2 comentários

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Idas e vindas.


"Chega um tempo em que as coisas simplesmente acontecem.
As flores murcham, as árvores crescem.
Crianças nascem, gotas descem.
Amores somem, pessoas aparecem."

Trecho de Magnólia - Daniel Abreu

As coisas têm acontecido em minha vida. Tenho sentido o tempo passar, algumas coisas ficam, outras vão. Mas isso não quer dizer que tenha algo de errado acontecendo. Tem que ser assim. Quando não, fico ansioso, nervoso, desesperado tentando saber se estou vivendo, ou só deixando o tempo passar. Tenho me sentido mais vivo, mais disposto, e sim, minhas alegrias tem motivos. Os sorrisos falsos tem dado espaço aos mais espontâneos, as pessoas que valem a pena têm finalmente aparecido.

Aproveito pra agradecer aos meus novos amores.

Naraiana e Ana Manoela que mesmo longe estão sempre perto.
E que são provas de que pessoas boas ainda existem.

Já dizia Santo Agostinho (que inclusive é o nome do bairro que moro): "Se quiseres conhecer uma pessoa, não lhe perguntes o que pensa, mas sim o que ama."

Se me perguntassem, vocês estariam na resposta.
Obrigado por tudo.




5 comentários

domingo, 3 de agosto de 2008

O que sobrou...


Minha vida não é ruim. Não passo fome, não enfrento grandes dificuldades, no máximo algumas chateações corriqueiras dessas que "cada um tem a sua". Só tô meio desmotivado. Profissionalmente falando. Não consigo me concentrar nos estudos, perdi um pouco do interesse por ele. Mas acredito que é só falta do costume com a rotina mesmo, pelo menos por enquanto.

Por isso tudo, só mesmo aquele velho probleminha de ter que ficar longe das pessoas. É praticamente insuportável viver esperando "finais de semana". Amigos antes disso só na internet ou algum encontro casual por ai. Por isso andei pensando em comprar uma moto, mas tô achando que é mais "fogo de palha" e tô tentando amadurecer as idéias. Imagina, de moto, visitando os amigos sempre, nem que seja pra um abraço e um Oi. É tentadora a situação, mas talvez existam alguns "poréns".

O coração tá quieto. Acostumado, diria. Tem gente. Tem medo. E um breve sorriso de plano de fundo. Não sou bem resolvido, mas não tenho problemas. Sou correspondido, só não sei quanto, como, onde. E pra não deixar passar:

Some Surprise - The Cake Sale

"Your lips come as some surprise,
That they would want to come and meet mine,
They never taste like the last time,
Your lips come as some surprise."


2 comentários


Daniel, 22 anos, libriano de carne, osso e acordes. Começa a escrever quando acha que não se deve deixar pra trás o que sente. Geralmente está na fossa. Caso não encontre-o lá, procure-o nas nuvens. Uma mistura de "sabe-se lá o quê" com filhote de sabiá. Pois bem, não sei o que sou. "...eu costumo ser o coadjuvante da vida, de todos."


Afinidades:

- Abordagem Policial
- Essência no Ar
- Ócio Não Filosófico
- Café do Dom
- Muito Gelo
- Pensar Enlouquece
- Blitz Policial
- Nana de Souza
- Intense
- O Alcançe da Promessa
- Badengarden Reis
- Contos no Papel
- Pitta
- Max da Fonseca
- Layz Costa
- Trágico Efeito
- Naraiana Costa
- Caio Melo - Filipe Medeiros






Arquivos:

  • Abril 2008
  • Maio 2008
  • Junho 2008
  • Julho 2008
  • Agosto 2008
  • Setembro 2008
  • Outubro 2008
  • Novembro 2008
  • Dezembro 2008
  • Janeiro 2009
  • Fevereiro 2009
  • Março 2009
  • Abril 2009
  • Maio 2009
  • Junho 2009
  • Julho 2009
  • Agosto 2009
  • Janeiro 2010
  • Outubro 2010

  • © 2008 - 2009. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

    layout por: