terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Desafinado

Postagem para deixar meus votos de felicidade nesse final de ano a todos vocês. Muito provavelmente o Desafinado vai parar por esses dias, quem desafina também precisa descansar e curtir um pouco das tão merecidas férias. Sim, NOVIDADE, layout novo, presente de Natal do meu amigo DOM.

Junto com o novo layout veio uma certa intenção de colocar o Desafinado pra crescer. Talvez dar um visibilidade maior, só não sei se é muito a minha cara isso. Veremos, 2009 vem ai com suas surpresas.

No mais, a todos um bom Natal e Reveillon, curtam e se divirtam com moderação. Aproveitando, deixo como conselho musical pro Natal e virada de ano, Little Joy. Banda que tem como um dos seus músicos o ex-integrante da banda Los Hermanos, Rodrigo Amarante. Ouçam uma canção chamada EVAPORAR.


6 comentários

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Inclusive.



A mão se cansa de escrever, não há mais caligrafia. As últimas linhas são desgastadas, as últimas palavras arrastadas, parecem não querer sair. Escrever, pensar e sentir são coisas diferentes, se fundem e transformam o mundo, e dessa mistura podem nascer várias coisas, inclusive você.





8 comentários

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Noite longa.



Essa noite foi longa. Tudo começa a ficar difícil quando ela não está perto. Perco o calor do seu corpo, a segurança dos seus braços, o conforto dos seus olhos, a alegria do seu sorriso. Ela tem realmente feito diferença. Quando se aproxima a hora de encontrá-la o coração aperta, quando se aproxima a despedida, o coração desmancha. Volto pra casa com os olhos nos pés, o coração na mão e a cabeça nas nuvens. Chego em casa, procuro algo para distração, sento na cama ainda bagunçada e marcada pela nossa presença, deito a cabeça no travesseiro, o cheiro dela ainda está lá. Na minha lamparina o seu brinco pendurado, no meu computador seu rosto de papel de parede.

O sono demora a vir, minha ansiedade acelera o coração. “Droga de tempo que não passa, quer dizer, passa rápido demais quando estamos juntos.” Recebo sua notícia que chegou bem em casa, trocamos algumas palavrinhas pela internet, penso em ligar. Resolvo logo dormir, assim o domingo acaba logo e eu já posso pensar: “Agora faltam menos dias...”. Não sei o porquê, mas essa noite foi mais difícil do que as demais, não consegui dormir e o travesseiro sempre foi muito hostil comigo, prefiro pensar de pé. Lembrava dos nossos momentos, lembrava dos nossos planos, da nossa lista de coisas a fazer. Lembrava do seu beijo, das palavras ditas ao pé do ouvido, das suas mãos nas minhas.

Adormeci, tive sonhos ruins, esquisitos, pesadelos. Em uma das passagens do sonho, estava eu em uma daquelas quedas que te faltam ar, me sentia como se estivesse amarrado, preso naquelas cordas de amarrar navios, e quando já não aguentava mais, eis que ela chega, flutuando com suas asas de borboletas, me abraça, diz que tudo bem e que está sempre ao meu lado.

Acordei suado, mas eu tinha um sorriso no rosto. Melhor ainda, é que sentia que ela estava ali, comigo, mesmo de longe. Expirei, encostei o rosto no travesseiro para sentir seu cheiro mais uma vez antes de dormir, fechei os olhos e esperei encontrá-la de novo nos meus sonhos. Fui dormir mais uma vez com seus cabelos enrolados no meu peito, e o seu sorriso estampado no meu.

******

(Por incrível que pareça, tinham mesmo muitos fios de cabelo espalhados na minha cama)





1 comentários


Daniel, 22 anos, libriano de carne, osso e acordes. Começa a escrever quando acha que não se deve deixar pra trás o que sente. Geralmente está na fossa. Caso não encontre-o lá, procure-o nas nuvens. Uma mistura de "sabe-se lá o quê" com filhote de sabiá. Pois bem, não sei o que sou. "...eu costumo ser o coadjuvante da vida, de todos."


Afinidades:

- Abordagem Policial
- Essência no Ar
- Ócio Não Filosófico
- Café do Dom
- Muito Gelo
- Pensar Enlouquece
- Blitz Policial
- Nana de Souza
- Intense
- O Alcançe da Promessa
- Badengarden Reis
- Contos no Papel
- Pitta
- Max da Fonseca
- Layz Costa
- Trágico Efeito
- Naraiana Costa
- Caio Melo - Filipe Medeiros






Arquivos:

  • Abril 2008
  • Maio 2008
  • Junho 2008
  • Julho 2008
  • Agosto 2008
  • Setembro 2008
  • Outubro 2008
  • Novembro 2008
  • Dezembro 2008
  • Janeiro 2009
  • Fevereiro 2009
  • Março 2009
  • Abril 2009
  • Maio 2009
  • Junho 2009
  • Julho 2009
  • Agosto 2009
  • Janeiro 2010
  • Outubro 2010

  • © 2008 - 2009. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

    layout por: